Assine a newsletter do blog, prometo só te mandar coisas incríveis!

Oversized | Um manifesto da silhueta

Já falei aqui no blog sobre como a moda pode funcionar como um manifesto e como ele é capaz de te empoderar. Dá pra entender um pouco sobre isso nesse post aqui sobre como queremos sapatos de guerreira. Hoje falaremos sobre como o oversized não é só incrível como ele também pode re significar o seu corpo.

Se formos dar uma pesquisada na história da moda, dá pra sacar a maneira como o corpo feminino é construído e quais partes desse corpo precisavam ser ressaltados, como a cintura marcada e decotes. Graças as deusas, foi durante o século XX que esse corpo passou por transformações. Fosse na libertação da cintura marcada dos anos 20 e nos ombros exagerados dos anos 70. Chuto dizer aqui que o oversized chegou com Balenciaga e seus vestidos estruturais para depois ganharem as ruas com o grunge nosso de cada dia.

Tá mas… o que gôta é oversized? Vou explicar, migas! Sabem aqueles looks que são bem larginhos (e ultra confortáveis) e a roupa não marca o seu corpo? É exatamente isso. Dá pra seguir essa estética com roupas masculinas, que são números maiores do que o seu ou que já foram projetadas para serem mais largas mesmo.

E por que o oversized pode ser visto como um manifesto da silhueta? Vamos lá. Se olharmos para a criação que recebemos, podemos ver que mulheres são incentivadas desde o início da puberdade a ressaltar a silhueta do seu corpo feminino. Então os seios são evidenciados, o quadril precisa aparentar ser largo e no meio desses dois, uma cintura marcada (e fina) para ressaltar um formato ~violão~. O oversized vem para romper com a construção desse corpo!

E aqui vai uma dose de inspiração para vocês adotarem esse tipo de silhueta caso ela te represente


Acha que um look total oversized não é muito a sua cara? Tudo bem! Dá pra conseguir o mesmo efeito usando apenas uma peça larguinha. Seja uma camisa, um vestido ou uma calça. Daí você pode balancear a silhueta com outra peça mais justa. Sem muitas regras, o importante é se divertir e usar o que te faz feliz.

Quer mais inspirações? Me segue no Pinterest que é sucesso:

 

E você, já usou/usa esse estilo de peças? Conta pra mim o que você acha lá nos comentários!

 

Compartilhe
Bruna Aureliano
É feminista e escreve porque resolveu rejeitar o silêncio. Com 23 invernos, gosta de intensidade em tudo que faz. Uma contradição ambulante, tadinha. Ama o vintage, mas se apaixonou pelo moderno. É do rock, mas dança Rihanna. Acredita em astrologia, energias positivas e encontra na música resposta para tudo que não entende.
AnteriorPróximo
Deixe seu comentário
Newsletter
Receba as coisas mais legais do Boneca de Platina por e-mail!
Fechar