Assine a newsletter do blog, prometo só te mandar coisas incríveis!

As 4 últimas | Músicas que não saem da minha playlist

A minha semana vem sendo embalada por músicas incríveis e fazia um tempinho que eu não atualizada a tag ‘As 4 últimas’. Pra compensar, eu trouxe só coisa boa pra vocês ouvirem, incluindo alguns lançamentos que tiraram meu juízo (alô, Ney! alô, Tove!). O que anda tocando na playlist de vocês?

:::: Coupure Électrique – Britney Spears

britney-spears
Vem cá que eu ouvi o novo álbum da Britney e me derramei inteira por essa faixa maravilhosa. Confesso que desde os primórdios da carreira de Ney, nunca imaginei que ia ouvir algo assim. Tem uma pegada deliciosa, meio The XX (que é uma das minhas bandas favoritas, diga-se de passagem), meio Massive Attack. Dá play que é sucesso! Vai conseguir parar de ouvir? Vai não.

:::: Influence – Tove Lo feat. Wiz Khalifa

tove-lo

Benza Deus, que música é essa? É pra dar play e dançar até se acabar. Eu já gostava muito da Tove Lo e sou alok dos rappers tudo (já contei aqui!), então era de se esperar que eu ia surtar bem pouco *cof cof* com essa parceria. Foca bem nesse refrão e na batida da música “You know I’m under the influence, so don’t trust every word I say, I say…”

:::: Alt-J – Taro

Pra falar a verdade, eu descobri a banda Alt-J recentemente e estou completamente viciada em todas as músicas dela. Uma das mais gostosas é Taro, que eu vou deixar marotamente aqui nesse post pra vocês também ficarem viciadíssimas. Se quiserem conferir outras, eu sugiro ‘Hunger Of The Pines‘ e ‘Breezeblocks‘ porque são as minhas outras favoritas. Miga é pra essas coisas, né? Indicar músicas maravilhosas ;)

:::: Hurts – Lights

hurts-lights

Pra fechar essa delicinha seleção, eu vos apresento Hurts e a melhor música deles de todos os tempos, Lights. Como as outras maravilhosas que eu mostrei aqui, ela é tão gostosa quanto de ouvir que a gente se permite dançar ela na frente do espelho. No volume máximo e com fones de ouvido. Tem uma melodia boa de baladinha + indie pop que a gente tanto ama e não vive sem. <3

 

Vocês gostaram do formato desse post, com as músicas linkadas do Spotify (pra favoritar e ser feliz) ou vocês preferem o formato com vídeos do Youtube? Se você curtiu, clica no coração do amor ali no finalzinho do post! ♥

Compartilhe

O que é Low Poo? Um pouco sobre o assunto e por onde começar

Vez ou outra, quando eu falo sobre o meu cabelo, cito o Low Poo e ouço várias perguntas sobre o assunto. Comecei a prática dessa técnica a mais ou menos a uns três anos e confesso que foi uma das melhores coisas que eu fiz até então. A gente desenvolve uma consciência maravilhosa a respeito do nosso cabelo e de como cuidamos dele. Resolvi então falar sobre ela aqui no blog, num resumão, pra tirar algumas dúvidas que sempre surgem na cabeça de vocês. Em geral, é sempre legal a gente ler bastante sobre o assunto antes de começar.

A gente começa se perguntando: O que é Low Poo? Essa técnica foi desenvolvida por uma especialista em cachos chamada  Lorraine Massey. Ela pensou no ressecamento natural do cabelo cacheado e em suas causas e colocou tudo isso em um livro chamado “O Manual da Garota Cacheada: O Método Curly Girl“.

curly-hair

Basicamente, do que se trata? Ela descobriu que substâncias como Petrolatos, Sulfatos e Silicones Insolúveis (esse último, no caso de No Poo) deveriam ser evitados pelas cacheadas porque, ao invés deles tratarem os fios, funcionam como um tipo de ‘maquiagem’. Entenda que, ao usar um produto com petrolato, ele vai formar uma camada que impede que qualquer componente adentre no fio por causa do acúmulo de resíduos, agindo só na superfície dos fios e impedindo a absorção de água. Claro, se a gente segue essa lógica e  o cabelo tá bem tratado e hidratado, isso pode ser um ponto legal porque vai ajudar a reter a hidratação. Mas com o passar do tempo, essa “camada” vai impedir que a hidratação se renove. Ou seja, cabelo danificado por dentro e lindo por fora. #fail

cabelo-cacheado-gif

:::::: E o Sulfato, a gente evita por quê?

Pura química, gente. Senta aí pra entender! Os sulfatos atuam na limpeza do cabelo e são detergentes extremamente agressivos. A questão é que eles precisam ser porque só assim é possível retirar aquela camada formada pelo petrolato que eu falei lá em cima. Mas claro, não é só essa camada que o cabelo perde. Junto com ela, vai todas as hidratações que você faz, assim como a oleosidade e a hidratação natural do teu cabelo. Ou seja, pra adotar a técnica é abolir os sulfatos, também é necessário retirar os petrolatos e silicones insolúveis também. Deu pra entender?

:::::: Se não limpa com Sulfato, limpa com o que?

Na técnica de Low Poo da Lorraine, ela substitui essa substância por uma chamada Cocamidopropyl Betaine (complicado, eu sei!), que consegue limpar os fios (inclusive silicones insolúveis) sem agredir e sem retirar o que não deve dos fios, diferentemente dos sulfatos. Essa substância não retira Petrolatos, como a parafina e os óleos minerais. Por isso, devem ser evitados!

o-que-e-low-poo

::::: Saquei, mas finalmente, o que é Low Poo?

Peço licença pra chamar de alimentação capilar saudável, migxs. haha Consiste, basicamente, em evitar a utilização de produtos com Sulfatos e Petrolatos em sua composição.

:::::: E como eu escolho meus produtos?

Essa é uma parte chata, mas quando você pegar prática, as coisas vão fluir. Todo produto tem no rótulo a composição das substâncias dele. Com um pouquinho de paciência e muita disposição (inclusive, pra evitar a opinião das vendedoras), você vai procurar produtos sem as substâncias que você quer evitar. Há, inclusive, uma listinha preparada pela comunidade de praticantes de Low Poo com os produtos “permitidos”. Clica aqui pra dar uma conferida.

Pra quem quer ler sobre o assunto, uma blogger que manja demais do assunto é a Mari Morena. Ela faz várias resenhas de produtos e selecionou tudo o que você precisa saber sobre as substâncias que devem ser evitadas na técnica de Low Poo. Confere:

Lista de Óleos Minerais (proibidos):

  • Petrolatum/petrolato
  • Mineral Oil/óleo mineral
  • Parafinum Liquid/parafina líquida
  • Vaselina, isoparafina e isododecane.

Lista de Sulfatos fortes Proibidos para Low Poo:

Sodium Laureth Sulfate, Sodium Myreth Sulfate, Sodium Lauryl Sulfate, Ammonium Lauryl Sulfate, Ammonium Laureth Sulfate, Sodium C14-16 Olefin Sulfonate, TEA Lauryl Sulfate, TEA-dodecylbenzenesulfonate, Sodium Alkylbenzene Sulfonate, Ammonium or Sodium Xylenesulfonate. (Evitados no No e Low Poo).

Componentes liberados pra Low Poo:

Lista de Sulfatos Fracos: Sodium Cocyl Isethionate, Sodium Lauryl Sulfoacetate, Sodium Socoyl (or lauryl/lauroyl) Sarcosinate, Ethyl PEG-15 Cocamine Sulfate, Dioctyl Sodium Sulfosuccinate, Sodium Lauryl Glucose Carboxylate, Methyl Cocoyl or Lauryl Taurate – mild, derived from coconut fatty acids, Sodium Cocoyl Glycinate. (Esporadicamente utilizados do Low Poo)

Substância “mágica” que limpa as silicones insolúveis sem agredir o cabelo: Cocoamidopropyl betaine. Também pode ser encontrado como: Cocobetaine , Cocamidopropyl Betaine, Cocabetaine e cocoamphopropionate.

 :::::::

Lembrando que, se você quiser começar, é necessário que a última lavagem do seu cabelo tenha sido feita com um shampoo com Sulfato, pra que os últimos resíduos sejam retirados antes de começar a técnica.

Quem aí ainda tem dúvidas sobre o assunto? Também pratica Low Poo? Vamos trocar ideias sobre isso! ♥

Compartilhe

Como sair à noite usando o estilo normcore/minimalista

Assim que me vi adepta ao minimalismo/normcore, percebi que uma das maiores dificuldades era transitar com esse estilo para minhas parties noturnas da vida. Era só eu pensar em colocar o pé pra fora de casa que já ouvia de alguém “Lá vai, com a mesma roupa que sai pra faculdade!”. Sabemos que todo estilo tem seus prós e contras, e o melhor desse estilo é não precisar pensar muito na hora de se arrumar para fazer as coisas do dia a dia. Com um guarda-roupa onde tudo combina entre si, montar um look fica bem mais fácil e a gente economiza um tempo danado na hora de pensar no que vestir.

Mas e quando o lugar exige algo mais elaborado, como aquela à noite com os migos? Tem solução, gente. E tem sem cair no marasmo que todo mundo observa. O segredo está nos pequenos detalhes e em algumas dicas de styling que vocês podem conferir nesse post de como usar o normcore à noite pra sair!

:::: Misture texturas e brinque com as proporções

texturas-roupas-minimalismoMisturar texturas sempre é uma boa ideia pra fugir do óbvio, ainda que o look seja monocromático (como a gente sempre vê no estilo minimalista/normcore). A ideia é você procurar as suas peças do guarda roupa e ousar misturar o que a gente não usa no dia a dia. Vale combinar uma saia de couro com uma camiseta de malha, aquela camisa mais arrumada com um jeans destroyed ou investir num combo de top + calça preta e jogar um colete longo por cima.

Pra conseguir transitar com os looks básicos pra noite, é legal ter em mente como cada peça pode funcionar na produção. De uma maneira geral, o couro e as peças de alfaiataria deixam tudo mais sério e arrumado enquanto o jeans e as peças de malha trazem ao look um visual mais informal.

:::: Explore fendas e decotes

como usar normcore pra sair à noiteFendas e decotes deixam qualquer look mais sexy, justamente por elas deixarem partes do corpo expostas. A ideia é pensar estrategicamente: Aposte em comprimentos mais curtos, ou naquele vestido com decote nas costas, ou nas saias com fendas. Mostre mais pele do que você mostraria num look pra ir pra facul ou pro trabalho, por exemplo. Vai dá certo, pode crer!

:::: Invista em peças únicas com acessórios poderosos

peca-unica-minimal-lookA peças únicas podem ser subjugadas e sem graça, mas elas ganham muita força quando combinadas com acessórios estratégicos que vão dar uma nova cara para elas. Geralmente, quem é adepto do Normcore (ou minimalismo) vai ter um guarda roupa com menos peças, ou com muitas peças iguais – tipo euzinha aqui! Pense naquele seu vestido preto ou macaquinho básico (sim, tenho certeza de que você tem um!) combinados com um sapato mais pesado ou com uma bolsa de personalidade.

Os acessórios tem um papel bem importante aqui porque é ele que vai fazer mudar a cara do seu look. Combine o macacão basicão com um sapato de verniz, ou use aquela sua camisa oversized como vestido, jogando uma jaqueta jeans por cima. Crie novas possibilidades para a sua peça única.

:::: Batom escuro e cabelo natural

beauty-normcoreVamos combinar que make e cabelo são grandes trunfos para mudar o visual, né não? Contudo, quem é adeptx do minimalismo/normcore prefere não utilizar maquiagens muito elaboradas, com sombreados level hard de dificuldade e camadas e mais camadas de produtos. A ideia é manter essa estética, mas investir no que a gente já está bem acostumada a fazer. Vale engrossar o traçado do delineador ou, como dica principal, apostar em um batom mais escuro – vermelho ou vinho.

Pra arrumar o cabelo, vale deixar ele solto, estilo messy, com o volume natural que ele tem. Ainda é possível prender num coque alto desarrumado ou apostar naquele velho coque samurai que não vai sair de moda nem tão cedo. Penteados fáceis é a melhor opção sempre!

:::::::

Tem alguma dúvida a respeito de styling que você queira tirar? Deixa aqui nos comentários que ela pode virar post. ♥

Compartilhe
Newsletter
Receba as coisas mais legais do Boneca de Platina por e-mail!
Fechar